IMG_4652

Os dias pareciam intermináveis antes da cirurgia, eu ficava bastante nervosa e ao mesmo tempo tentava manter a calma, e eu pensava: “É uma decisão mais importante da minha vida, e eu tinha os restos auditivos que os meus AASI’s não compensavam…E outra, não teria mais a necessidade de passar todo o trabalho novamente a procura de outros AASI’s, já que os resultados seriam pequenos… 

 

Duas semanas antes, meu médico otorrinolaringologista Dr. Maurício Miura me disse na consulta: “Já podemos marcar a cirurgia para o dia 05/08?”, fiquei branca, na minha cabeça achava que demoraria mais um mês!! E claro, era pegar ou largar o implante coclear, lógico que escolhi a primeira opção! Eu e minha mãe saímos do consultório e não acreditávamos que o milagre tinha chegado, para mim a ficha só caiu mesmo depois da cirurgia! Rsrs

 

Quando o dia da cirurgia chegou, eu mantive a calma, e minha mãe ficou mais nervosa que eu… rsrs. Fomos de madrugada ao hospital Santa Casa de Porto Alegre, a minha cirurgia seria as 07h30. Fizemos a última burocracia e entramos numa pequena sala com duas poltronas deliciosas e fofas, tinha um armário e banheiro, tudo muito bem limpo! A anestesista conversou comigo e logo me levaram para o bloco cirúrgico. Deitei na maca e fiquei observando o movimento das enfermeiras que estavam me preparando, e poucos minutos depois, o Dr. Miura aparece no bloco e me pergunta se está tudo bem, que alívio ver ele ali, para mim médicos são anjos sem asas, para curar e ou transformar nossas vidas em algo maravilhoso!! 

 IMG_4654

O mais engraçado, é que sou super cuidadosa com a minha saúde, talvez até demais, no bloco cirúrgico eu avistei uma enfermeira escrevendo no quadro branco que ficava à minha frente, os medicamentos que sou alérgica, percebi que estava faltando um deles e disse para enfermeira, com a voz sonolenta que estava faltando o tal medicamento e depois disso senti o efeito mais forte da anestesia e apaguei! E não lembro de mais nada! Isso foi ótimo!

Acordei às 10h30, e à tarde fui liberada para ir para casa, a cirurgia foi um sucesso, tudo tranquilo! Mas o restante do dia fiquei agitada e não tinha sono nenhum! A maioria dos pacientes ficam sonolentos o dia inteiro, devido ao efeito da anestesia…Mas no meu caso foi o contrário! 

 

Passando os dois primeiros dias, com turbante na cabeça, eu sentia ele muito apertado, louca para afrouxar e poder dormir mais tranquila… A cabeça estava inchada e latejando. Tivemos que entrar em contato com o médico para ver se eu podia afrouxar, e podia sim! Que alíviooooo!! E pude ter uma noite um pouco mais tranquila, só não era possível dormir no lado do ouvido operado…. As dores do pescoço eram intensas, a minha mãe colocou Salompas flexíveis (adesivos para dor muscular) em toda a nuca e abaixo dela, foi melhorando a medida que os dias passavam… 

 

Nestes 3 primeiros dias, uma dor penetrou em meu coração, pois eu tinha a consciência que tinha perdido os restos auditivos (fui informada sobre tuuudo) e eles eram levantados como bandeiras indicando minhas possibilidades auditivas, que foram investidos em 32 anos de estímulos diários para que eu tivesse uma plena comunicação oral, e com uma mistura de felicidade que ainda não podia comemorar tão cedo, pois todo mundo falava para mim, inclusive o doutor: “Expectativa lá embaixo”, e claro com razão.

Pois, a ativação será daqui em torno de três semanas, e geralmente a primeira vez não é tão agradável, já me disseram um zilhão de vezes que os sons são completamente diferentes aos dos aparelhos auditivos, e o mais importante: os usuários de IC me disseram também “Eu achava que escutava bem com os AASI”, é muito importante saber disso, dá um certo alívio e segurança daquilo que estou escolhendo para minha vida, na verdade para o resto dela!

Amigos implantados, os encontros de IC e as pesquisas sobre a área são extremamente importantes para esclarecermos dúvidas, não importe o quanto demore, você precisa ter a maior certeza do mundo.

Cada história é diferente, os relatos também são diferentes, e na minha fiz uma mudança radical e tive dar uma virada em uma página nova em branco, e agora com uma caixinha de lápis de cor bem maior com todas as nuances de cores, e aos poucos vou colorindo os sons da vida!!

Aguardem o próximo POST que vou contar a ativação do IC!! Não percam!! 😉