Adriana e placa homenagem

Quando me formei em Terapia Ocupacional na Rede Metodista de Educação do Sul (IPA) no fim de 2007, por surpresa, informaram-me que eu era a primeira T.O surda graduada no Brasil naquele ano. No ano seguinte, houve uma grande comemoração de 85 anos de ensino da universidade, fui então convidada pela Reitora Adriana Rivoire Menelli, para receber na celebração, uma placa em homenagem pela minha passagem na Rede Metodista, que em sua grafia, dizia honrar em fazer parte da minha trajetória, desde o ensino médio no colégio Americano, no qual faz parte da mesma rede. Senti-me lisonjeada e não esperava receber este tamanho reconhecimento! A luta veio de muitos passos, além do imaginável e que resultaram belos frutos. Também sou muito grata, em participar e me graduar em Terapia Ocupacional e que me disponibilizaram profissionais intérpretes de LIBRAS para que eu pudesse acompanhar as aulas. Hoje, acredito que a missão de cada um, sempre tem um grande propósito! Pois, nesses anos de estudo, de maneira despercebida, acabei desabrochando a sensibilidade da instituição para que acolhessem outras pessoas com deficiência, visto que, no mesmo ano da minha formatura criaram uma “Sala de Recursos” com especial assistência! Onde disponibilizam materiais que possibilitem a acessibilidade para todos! Que até hoje permanece! Que orgulho!