2014-06-07 14.42.35No último sábado, 07 de Junho presenciei a uma nobre apresentação de Jazz que fez a
gravação na Rádio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) –
http://www.ufrgs.br/radio/. Dirigido por Gunter kleemann, apresentador do programa
“A hora do Jazz”: http://ahoradojazz.blogspot.com.br/

Ao entrar no salão acústico, ouvindo os burbulhinhos das pessoas que haviam lá, observei
os instrumentos musicais no palco e já fui imaginando os sons que seriam produzidos, mesmo não sabendo como seria exatamente. Em alguns minutos a música começou o primeiro grupo, um trio, excelentes músicos, foi uma combinação feita ali, na hora, pois eles se conhecem, mas não tocam juntos de momento. Eles tocaram a primeira música: “FELICIDADE com os três instrumentos: Piano (Luis Henrique – “New”)
Guitarra (James Liberato) e bateria (Ricardo Arenhalt). A seguir outras músicas foram tocadas:

Partido Alto, Beautiful Love, Café com pão, Lamento, Autum Leaves.

A primeira coisa que fiz foi prestar atenção nestes instrumentos, em saber qual papel
de cada um e acompanhar o ritmo! Percebi então, que eu escutava todos eles, mas faltava
perceber o som do “prato da bateria” que estava mais baixinho, resolvi chegar mais perto e
me concentrei, aí está: Ouvi!

Apreciei a música até o fim e depois trocaram para o outro grupo de músicos chamado “Marmota Jazz”,  ao contrario do anterior, é um grupo estabelecido  para quem quiser seguir a fan page deles, acessem: https://www.facebook.com/marmotajazz.

Os instrumentos adicionais foram: sax soprano e contrabaixo  para tocar a música: “PRINCE OF DARKNENSS” e mais outras:

Inner Urge, Tomato Kiss, Solar, e após entrou um músico Cláudio Sander para tocar Tenor Madness e Bananeira! A entrada dele no grupo foi improvisada na hora “a vivo e a cores”, como diz o Gunter kleemann que é a alma do Jazz!! Que lindo isso…

Estes dois últimos instrumentos (Sax soprano e contrabaixo) percebi o som mais marcante…E muito lindo!!2014-06-07 16.39.45

Durante todo o evento fiquei sempre prestando atenção e identificando os instrumentos
ali tocados, passei numa bela tarde fazendo exercícios de reconhecimento dos sons e
adquirindo memória auditiva! Ah, que ela venha, para me trazer a compreensão completa desse pequeno e grande mundo!

Fiquei lisonjeada por ter sido convidada pela Daisy Braighi (esposa do diretor desta programação e Sócia Diretora da Include – Ações inclusivas) para assistir esta apresentação muito especial!

Agradeço intensamente pelo convite!

2014-06-07 17.15.47

 Com  Gunter kleemman e Daisy Braighi      

 

2014-06-07 17.14.14

 Com  Cláudia Freitas (Professora da UFRGS) e Daisy Braighi.